quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Eu Assisti: O Filme O Doador de Memórias


O Doador de Memórias

Aguardei ansiosamente o lançamento desse filme, foi o trailer que fez com que passasse ele na frente de outros e descobrisse o que iria acontecer. Depois de ler e me apaixonar por Jonas e sua estória, estava com medo que tivessem arruinado isso.

“ Fiona era a garota que fazia todo mundo sorrir”

Ficou bastante claro algumas das mudanças que tinham sido feitas e uma delas foi na sua idade, eles tinham mudado a idade do Percy também e só quem ama aquela série entende como foi completamente destruída. A  Fiona e o Archer também tem papéis mais importantes e tudo em volta da estória deles foi mudada.

“- Amanhã muda o que fazemos, não muda quem somos.”

Percebi também que eles quiseram centralizar em apenas uma pessoa todo o fundamento da sociedade e a luta para que ela permanecesse assim. No livro não temos uma pessoa em especial fazendo oposição a Jonas.

“- Obrigado por sua infância.
- Pode ficar com ela.”

Depois de uma pequena confusão para chegar ao cinema o filme começou. Tudo é preto e branco de início, mesmo sendo mais velho, Brenton Thwaites se encaixou muito bem em seu papel. Ele passa a inocência com que Jonas começa sua jornada e o modo como vai descobrindo a verdade sobre tudo a sua volta.

“Saber o que é, não é o mesmo que saber como se sente.”

Aqui Fiona, Archer e Jonas são melhores amigos e estão prestes a se formar com 18 anos. Nesse mundo perfeito a inocência não é perdida durante a adolescência, sem rebeldia, sem brigas e mesmo sem pequenas faltas de educação. Juntos eles cometem pequenas infrações e aproveitam seu ultimo dia de infância.

“ Ter fé é ver além, como o vento você sente mais não pode ver.”

“ Fiona, há mais. Tanto mais.”

A unidade familiar me pareceu exatamente como tinha imaginado e acho que a Kate Holmes se encaixou perfeitamente no que eu imaginei como a mãe de Jonas. Então as atribuições acontecem e ele é escolhido como o Novo Recebedor de memórias, tudo fica bastante claro mesmo para quem não leu nada sobre a estória.

“- A mente não entende e você não pode fazer ir embora.
- O que é?
- Amor.”

A chegada à casa do Doador, a primeira memória e a conversa que se segue foi perfeita. Em momento algum durante o filme se sente que eles danificaram a estória, foram completamente fiéis a ela, mesmo com as mudanças feitas. Fica claro que todos os envolvidos na criação do filme entenderam sobre o que é a estória e como transmiti-la da melhor maneira possível.

“ Eu amo você, Gabriel”

“ Se você não pode sentir, qual o ponto?”

Me apaixonei de novo pelo Gabe, e pelo que ele representa. Cada uma das memórias passadas me tocou profundamente e comecei a chorar em algumas partes. Nosso mundo está tão cheio de coisas feias que muitas vezes nos esquecemos de olhar todas as coisas lindas que ainda permaneceram. Coisas que essa comunidade deixou para trás em busca de perfeição e igualdade.

“ Eles não eliminaram o assassinato. Trouxeram ele para casa e chamaram de outro nome.”

“ Quando decidiram matar Gabe. Decidiram que eu estava pronto.”

A escolha do Doador e de todos os atores foi muito bem feita e foi bom ver algumas coisas que o livro só deixou a nossa imaginação como a Rosemary representada pela Taylor Swift. Eles passaram coisas novas aos personagens também, fazendo eles parecerem mais reais. Pessoas e não apenas as impressões que Jonas tinha de cada um. 

“ Você tem a coragem, deixe-me te dar a força.”

Ou a importância da Fiona, quem leu o livro sabe que ela aparece pouco e principalmente para mostrar que Jonas está amadurecendo e se despertando para novos sentimentos e desejos. Eu não tinha prestado muita atenção nela e realmente gostei do que fizeram da estória deles, apesar de ficar confusa sobre o que fariam para continuar a estória e ser fiel ao que acontece.

“ Era a memória de Fiona que me fazia continuar.”

“ Eu sei que há algo mais, algo que perdemos. Que foi roubado de nós.”

É uma estória tão doce, tão tocante em ambos, livro e filme. As pessoas vivem brincando que quem lê muito nunca sabe qual nome escolher para os filhos. Depois de conhecer o Jonas gostaria de criar alguém assim, tão bom, tão corajoso.

“ O amor trás fé, e com a fé vem a esperança.”

“ Quando as pessoas podem escolher, elas escolhem errado. Toda vez.”

Em resumo, foi uma das melhores adaptações que já assisti, e assisti muitas. As mudanças e o crescimento dos personagens, com o que eles têm que enfrentar e a ameaça do desconhecido. Tudo parece tão real que fiquei me perguntando como algum de nós se sairia na mesma situação.

“ Vivemos a vida como sombras, ecos...”

Um dos melhores filmes do ano e espero realmente que tenha uma continuação e que a qualidade permaneça. Seria muito legal ver as mudanças que as memórias trouxeram a comunidade, o que foi bem vago no último livro.

“ E de onde eu vim, pensei ter ouvido uma música...”

                                                                                                                 ( Trechos foram o que consegui salvar rapidamente, algumas falas são um pouco diferentes) 

2 comentários:

  1. Já li o livro, e pretendo ver o filme no cinema logo logo. Gostei muito dos comentários sobre e agora estou mais ansiosa ainda para ver essa adaptação que todos estão comentando que ficou muito boa!

    ResponderExcluir
  2. Boas notícias: você é saudável e tem a oportunidade de vender seu rim, onde $ 450,000 são para sorte e doação (killionkidneyhospital@gmail.com)
    Killion Hospital Kidney Institute (KHKI), Rash Behari Street, Kolkata é o melhor centro médico para cuidados com os rins. Neste momento, queremos o reforço do rim
    Boas notícias: Você está procurando uma oportunidade saudável e viável para vender seus rins? Os doadores reais devem entrar em contato com o médico do hospital com o médico do hospital. E-mail: ligue para killionkidneyhospital@gmail.com ou +19292009234

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...